Daily Archives: 3 de março de 2018

Quatro homens morrem após confronto com a CIPE Central em Ibirataia

Os quatro homens baleados ainda foram socorridos até o HGI, mas não resistiram (Fotos: Arquivo/GIRO)

Quatro homens morreram após um intenso tiroteio com a CIPE Central, no início da manhã desse sábado (03), no município de Ibirataia. Segundo as informações preliminares apuradas pela nossa reportagem, os indivíduos estavam trafegando em um carro na BA-120, trecho entre Ibirataia e Gandu, quando resistiram a abordagem dos policiais.

Os suspeitos teriam disparado contra a viatura e fugido por uma estrada vicinal. Houve perseguição. Os homens abandonaram o carro e tentaram fugir pelo matagal. No tiroteio, os quatro suspeitos foram baleados e socorridos com vida até o Hospital Geral de Ipiaú, mas não resistiram e morreram. Conforme as informações preliminares, os indivíduos faziam parte de uma organização criminosa que atua na região de Ibirapitanga, Gandu e Camamu.

Um dos mortos, identificado como Caique Lima dos Santos, apelidado de Marreta, era acusado de queimar viva a sua companheira, de 62 anos, na zona rural de Ibirapitanga, em 2015 (ver matéria). Ele também teria participado do assalto e sequestro de um empresário de Ipiaú em dezembro de 2015.

Caique estava foragido da justiça. Outro homem morto no confronto foi identificado como Celso de Jesus, apelidado de Babão, morador de Ibirataia. As identidades dos demais suspeitos ainda não foram divulgadas. O Comando da CIPE Central deve informar mais detalhes da ação policial ainda neste sábado. (Giro Ipiaú)

O plano da Polícia Federal para o dia da prisão de Lula

Insistência – O ex-presidente, que batalha para evitar a prisão e ser candidato: “Vou brigar até o fim” (Roberto Casimiro/Fotoarena/Estadão Conteúdo)

Condenado pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região a doze anos e um mês de prisão, Lula será recolhido ao cárcere tão logo seu recurso contra a sentença seja julgado no TRF4, o que deve ocorrer a partir do próximo dia 23. A cadeia, se nenhuma reviravolta acontecer, é uma questão de dias.

Reportagem de VEJA desta semana mostra os preparativos da Polícia Federal para cumprir a ordem de prisão contra a maior estrela do petrolão. O trabalho para o “Dia D” da Lava-Jato – como tem sido chamado na corporação – é sigiloso e envolve 350 agentes, avião e apoio da Polícia Militar.

Ciente do peso da biografia do alvo, a PF quer evitar erros cometidos em ações anteriores, para não vitaminar o discurso de Lula segundo o qual ele tem sido vítima de uma caçada judicial. Já foi acordado, por exemplo, que não haverá o uso de algemas nem de camburão. A Polícia Federal espera deter o petista em sua casa em São Bernardo do Campo (SP) e listou cinco locais onde o ex-presidente pode começar a cumprir sua pena na Lava-Jato. Fonte: Veja.com

Cirurgia em pé direito de Neymar termina e é bem-sucedida

Neymar comemora após marcar gol durante partida contra o Lillie, válida pelo Campeonato Francês – 03/02/2018 (Charles Platiau/Reuters)

Foi bem sucedida a cirurgia de Neymar, realizada na manhã deste sábado em Belo Horizonte, no Hospital Mater Dei. O procedimento estava marcado para as 9h, e terminou por volta de meio-dia. O responsável pela operação foi Rodrigo Lasmar, médico da seleção brasileira.

O Paris Saint-Germain proibiu Lasmar ou a direção do hospital de dar qualquer informação a respeito da situação do jogador. Estava marcada uma entrevista coletiva com o médico da seleção brasileira, para dar detalhes sobre o procedimento. no entanto, o pronunciamento foi cancelado.

O francês Gérard Saillant, que tem no currículo pacientes como Ronaldo Fenômeno e Michael Schumacher, acompanhou a operação, e o clube deve divulgar um comunicado oficial em breve dando detalhes sobre a cirurgia e a recuperação.

A previsão inicial de Rodrigo Lasmar era a de que Neymar tivesse alta já neste domingo, e demoraria entre dois meses e meio e três meses para voltar aos gramados. Mais informações em breve.
Neymar se lesionou no último domingo, durante a vitória do PSG sobre o Olympique de Marselha, mas a decisão pela cirurgia não foi imediata. Pelo contrário, ainda mais que o diagnóstico da sua contusão não foi preciso, com a primeira avaliação sendo de que o atacante havia sofrido apenas uma fissura no pé direito.

Na quinta-feira, porém, o médico da seleção brasileira, Rodrigo Lasmar, revelou que Neymar havia fraturado o quinto metatarso, o que o levou a aumentar a previsão do período de afastamento de Neymar dos gramados para até três meses, o que praticamente encerra a possibilidade de o jogador voltar a defender o PSG na temporada 2017/2018 do futebol europeu.

Esse fim precoce do primeiro ano de Neymar, aliás, foi motivador para a divulgação de informações divergentes sobre o tratamento a ser adotado com o jogador. O clube gostaria de aproveitar o brasileiro o quanto antes, por isso, encarava a possibilidade de operá-lo como última alternativa.

A postura de Neymar era oposta, pois o Mundial é, neste momento, o caminho mais curto para torná-lo o melhor jogador do mundo, encerrando o domínio da premiação da Fifa da dupla Messi/Cristiano Ronaldo, iniciada em 2008. Nesta queda de braço, Neymar venceu, até pela gravidade do problema apontado pelo diagnóstico dos exames.

Com tempo para se recuperar e voltar a atuar nos amistosos preparatórios do Brasil para a Copa, a expectativa do craque, do seu estafe e da CBF é a de que ele atinja o auge físico e técnico na Rússia, onde chegaria descansado, ao contrário de rivais envolvidos na disputa da Liga dos Campeões.

“Para uma fratura como essa, que muitas vezes vem silenciosa e acaba com um evento agudo, como aconteceu com o Neymar, não resta dúvida. A melhor e única indicação é o tratamento cirúrgico porque o tratamento conservador dá uma chance muito grande de uma refratura em um prazo muito curto. Não podemos correr esse risco”, justificou Lasmar.

A contagem regressiva para a Copa também passa pelos próximos passos do processo de recuperação de Neymar. Eles até já foram iniciados, pois o craque do PSG conta com sua própria “comissão técnica”, o preparador físico Ricardo Rosa e o fisioterapeuta Ricardo Martini, que o acompanham desde a época do Santos.

Será com essa dupla que Neymar realizará os primeiros trabalhos da sua recuperação, que não é complicada, mas necessita de cuidados. Especialistas explicam que nas três primeiras semanas ele precisará ficar em repouso, com movimentação limitada, para facilitar a cicatrização do local lesionado com a instalação de um pino.

Depois, então, Neymar iniciará os trabalhos físicos, mais focados em trabalhos de recuperação da força. E assim que esse processo estiver consolidado, o atacante poderá realizar trabalhos sem restrição, ficando próximo de realizar o seu retorno aos gramados.

O que ainda precisa ser definido é onde Neymar vai realizar a maior parte do tratamento. Clube de Lasmar, o Atlético Mineiro enviou um ofício à CBF se colocando à disposição da seleção brasileira. Já o atacante, até por contar com seu estafe, pode utilizar as suas residências no Brasil.
Tudo dependerá, porém, do aval do PSG. E Lasmar garante que não há uma disputa entre o time francês e a CBF. “O relacionamento entre a seleção brasileira e o PSG, e especificamente com o médico do PSG, sempre foi muito bom. Temos um contato muito grande”, comentou.

Enquanto isso, sem Neymar, a seleção fará amistosos contra Rússia e Alemanha no fim de março, parte decisiva para Tite definir os convocados para a Copa do Mundo. Se tudo correr bem na cirurgia deste sábado, Neymar estará entre eles e brilhando na Rússia. “Obstáculos não devem te impedir. Se você encontrar uma parede, não desista. Descubra como escalá-la”, escreveu o craque recentemente no Instagram, acalentando o seu sonho e o do torcedor brasileiro.
Com Gazeta Press e Estadão Conteúdo