13/01/2013

Nova prefeita de Barro Preto dá queixa na polícia contra ex-prefeito

Nova prefeita de Barro Preto dá queixa na polícia contra ex-prefeito
Jaqueline Motta decretou situação de emergência no município |Foto: Divulgação
A prefeita de Barro Preto, Jaqueline Motta (PT), registrou uma queixa crime na delegacia de polícia do município do sul baiano contra o ex-prefeito Adriano Clementino (PMDB). De acordo com a gestora, que tomou posse no último dia 1º de janeiro, documentos foram queimados, veículos tiveram os motores roubados e os computadores foram jogados em um depósito da Secretaria de Educação sem placa mãe e HD. De acordo com o site O Tabuleiro, até aparelhos de raio-x e ultra sonografia foram desativados e descartados como sucatas. Jaqueline ainda identificou transferências irregulares em contas do município no final do mandato do peemedebista. Na ida a delegacia, a prefeita levou todo o seu secretariado para relatar a situação em que cada um encontrou as pastas. “O que aconteceu aqui em Barro Preto é algo que nunca foi visto na cidade. Não parece que a cidade tinha prefeito, o caos é total. Nenhum documento da prefeitura foi encontrado, nem folha de pagamento, nem pastas de arquivos ou convênios. Teremos que começar a administrar sem informações essenciais”, contou. A petista ainda decretou situação de emergência em Barro Preto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente esta matéria.