25/12/2012

Ministra, ex-presidente e autoridades baianas expressam pesar pela morte de Dona Canô

Ministra, ex-presidente e autoridades baianas expressam pesar pela morte de Dona Canô
Foto: Reprodução/Alessandro Shinoda/Folhapress
Além do governador da Bahia, Jaques Wagner, e do prefeito eleito de Salvador, ACM Neto, diversas autoridades políticas expressaram a tristeza pela  morte de Dona Canô, na manhã desta terça-feira (25), em Santo Amaro da Purificação, no Recôncavo baiano. Em nota à imprensa, a ministra da Cultura, Marta Suplicy, afirmou que Dona Canô “simbolizou a família e a fé inquebrantável” e “representou a simplicidade e grandeza de espírito do povo baiano”. A titular do MinC disse também que Maria Bethânia e Caetano Veloso “são hoje a síntese da força desta grande mulher” e destaca a “perda sentida” para a família Veloso e brasileiros.  Dona Canô foi "um exemplo de mulher, e mãe e uma referência de sabedoria e generosidade para a família e, também, para o Brasil", afirmou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em nota assinada também por sua esposa, dona Marisa Letícia. “Lamento profundamente o falecimento de Dona Canô, símbolo exemplar da mãe dedicada. A fé em Deus reconfortará seus familiares e a todos os baianos e brasileiros que admiram a história dessa mulher, que em vida plantou a harmonia e união com sensibilidade e humildade”, disse em nota o prefeito de Salvador, João Henrique. O senador Walter Pinheiro (PT-BA) também prestou uma homenagem a matriarca dos Veloso. Através da rede social Twitter, o parlamentar ressaltou a dedicação à família e a causas sociais. “Dona Canô, uma história e exemplo de vida”, destacou Pinheiro. “O Natal perde um pouco do seu brilho, esse ano, para nós baianos, com o falecimento de Dona Canô, uma pequena grande mulher. Defensora das suas raízes, exemplo de fé, coragem e determinação, ela deu vida e voz à sua amada Santo Amaro da Purificação, e conquistou o respeito até mesmo de presidentes da República”, afirmou, em nota à imprensa, o deputado federal Antonio Imbassahy (PSDB-BA), que também se solidarizou com "seus familiares e conterrâneos de Santo Amaro e de toda a nossa Bahia”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente esta matéria.